Às mães, com carinho

A Revista Ultimato, convidou alguns artistas para compartilharem suas expressões em homenagem às mães. Reuniu um artista visual, dois músicos e um escritor. Confira a seguir os links e a homenagem de cada artista, dedicamos cada uma delas a você, mamãe em nossa comunidade!


Artista visual Marcelo Bittencourt

O artista de artes visuais Marcelo Bittencourt mora em Curitiba e tem uma imensa gratidão pelo que sua mãe Maria Hermínia ensinou a ele (não muito com palavras, mas com ações). Além de criar uma ilustração exclusiva para este portal [ao lado] e de outra que já estava pronta, Bittencourt também fez questão de falar um pouco da história da sua mãe.
>> veja e leia

Escritor Armindo Trevisan

O escritor Armindo Trevisan selecionou carinhosamente o poema “Canto X à Maternidade”, do livro “A Mesa do Silênio” ((Porto Alegre, LPM Editores, 1982). O livro é uma série de poemas sobre a maternidade. Este poema agradou especialmente o romancista Moacyr Scliar, que o citou numa de suas crônicas.
>> leia

Músico Wolô
Wolô é uns dos músicos evangélicos das antigas, mas ainda bem atuante. Ele selecionou dois poemas que escreveu para sua mãe Tamara, além de uma canção infantil para as mães.
>> Leia e ouça

Músico Gladir Cabral
Gladir Cabral herdou de sua mãe o gosto pelo cantar. Motivado pela lembrança particular dela, mas também de todas as mães que sofrem injustiça e que precisam gritar por seus direitos, ele escreveu o poema “Memorial”.
>> leia


http://www.ultimato.com.br/conteudo/as-maes-com-carinho

 

compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest