Neemias Parte 14 – Resultados Tangíveis

Portal IECP 2

RESULTADOS TANGÍVEIS
Neemias 10 – Leia o texto bíblico antes de prosseguir. Isso irá ajudar você a extrair o máximo do resumo a seguir).

Quando o apóstolo Paulo escreveu aos cristãos em Roma, ele os exortou, “pelas misericórdias de Deus, que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus… transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12:1,2).

A ideia de sacrifício vivo é muito interessante. Seu apelo é duplo. Existe um ato inicial de consagração como também a atividade contínua; a crise, como também o processo; o dom dado a Deus como também a vida rendida em serviço.

Mas existe uma dificuldade – quando as coisas ficam muito quentes, às vezes “descemos do altar” e nos retratamos em nossa entrega. Nossa consagração torna-se incompleta e não crescemos espiritualmente como deveríamos.

Como evitar essa consagração faltosa? A resposta está no capítulo 10 de Neemias. Este capítulo contém o documento daqueles que assinaram a aliança (10:1-27) e o conteúdo específico da aliança (28-39).

A aliança que tinha sido redigida é agora voluntariamente aceita pelos chefes da nação. Eles foram preparados para este passo por dois requisitos essenciais: 1) conhecimento daquilo que Deus requer deles. Isto veio através da leitura da Lei. Eles estão agudamente cônscios do padrão de Deus e de quanto estão aquém deste. 2) O efeito emocional da recapitulação de sua história. Eles veem claramente como suas falhas passadas fizeram com que eles se encontrassem nas condições presentes. Porém, apesar do castigo de Deus, eles vieram a entender que seu amor ainda os cerca e os protege. Também confessaram seus pecados e agora desejam ratificar o desejo de seus corações. Portanto, resolvem fazer uma aliança com o seu Deus guardador de alianças.

Neemias, o governador, é o primeiro a colocar o seu selo sobre o documento. Embora ele tenha se colocado atrás durante este período de renovação espiritual, agora ele dá um passo À frente e oferece exemplo para que os demais o sigam.

De suma importância é a própria aliança. Há primeiramente a decisão de se submeterem à autoridade das Escrituras. Desta declaração geral, os israelitas passam a prometer coisas específicas. Resolvem abster-se de casamentos mistos, resolvem guardar o sábado, permitir que a terra descanse a cada sete anos, e cancelar todas as dívidas. Eles também se comprometem a manter o templo e aqueles que ali ministram. Assim, é assinada a aliança.

Nenhuma obra para o Senhor pode prosperar ou ir avante sem entusiasmo. Há, porém, necessidade de temperar o zelo com o conhecimento. Sem uma base doutrinária correta poderíamos facilmente cair em excesso de entusiasmo ou alternadamente forçar uma série rígida de regras. Os líderes de Jerusalém sabiamente combinaram entusiasmo com sã doutrina. O zelo andava junto com o entendimento e o conhecimento tinha ênfase prática por estar aliado ao zelo.

A aliança de Israel com o Senhor contém princípios importantes para nós todos. Os judeus estabeleceram sua crença como também sua prática sobre a revelação infalível de Deus.

Este compromisso com as Escrituras como única autoridade digna de fé e prática é exatamente do que precisamos hoje. A todos que a aceitam, torna-se guia seguro e certeiro para todas as variadas contingências da vida. Ao seguir os seus ensinamentos, gozamos muito mais do que poderíamos usufruir de toda a sabedoria do mundo. A Bíblia põe em perspectiva toda a vida. A obediência ao seu ensino torna-se a base da bênção divina, seja sobre o indivíduo, seja sobre a nação.

Não podemos negligenciar a Palavra de Deus, assim como os israelitas do tempo de Neemias não podiam. Devemos lê-la com avidez, sempre pensando no seu Autor, na sua mensagem e na sua aplicabilidade em nossa vida diária. E devemos obedecer-lhe diligentemente, vendo cada imperativo como mandamento supremo de Deus.

Este é um resumo do capítulo 12 do livro “Neemias e a dinâmica da liderança eficaz” de Cyril J. Barber, Ed.Vida.

compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest