Pastoral – Julho 2018

“Não havendo profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei, esse é bem-aventurado.” (Pv. 29:18)

A Bíblia nos fala de homens que tiveram um relacionamento especial com Deus.
Esses homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo (2 Pedro 1.21).
Deus falou e revelou seus pensamentos por meio deles. Essas palavras, profecias e revelações foram registradas na Palavra escrita de Deus, a Bíblia.
A condição feliz de um homem na terra está ligada ao conhecimento dessa Palavra e à obediência a ela. A Palavra me faz ver as coisas como o próprio Deus as vê.
Sem um compromisso pessoal com a Bíblia, consigo apenas dirigir minha vida de acordo com minha própria consciência, e a experiência muitas vezes tem demonstrado que a consciência não é confiável se não usa critérios justos.
Todo homem nasce com um sentido espiritual deficiente, porque está marcado pelo pecado, que o separa de Deus. Por natureza, estamos mortos em nossos pecados (Efésios 2.1). Mas Deus não quis deixar-nos nesse estado: “Porventura não te escrevi excelentes coisas, acerca de todo conselho e conhecimento, para fazer-te saber a certeza das palavras da verdade…?” (Provérbios 22.20-21). Ao ler a Bíblia, descobrimos que Deus nos ama e que demostrou isso enviando Seu único Filho, Jesus, para pagar por nossos pecados. Deus nos dá Sua graça e nos instrui para que deixemos de andar errados.
Quando falamos de temas concretos, como casamento, família ou trabalho, a Palavra de Deus nos proporciona uma grande luz e, assim, vai iluminando cada vez mais nosso futuro eterno.
Experimentar um relacionamento verdadeiro com Deus é uma descoberta maravilhosa.

Texto adaptado de Chamada da Meia-Noite
Pr. Daniel

compartilhar

Posts Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest