Pastoral setembro 2021

Pr. Daniel Oliveira

“E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os sigam.” (Ap. 14:13)
A Palavra de Deus diz que existem dois tipos de morte: a primeira morte é a morte física (morte do corpo) e segunda morte, a morte espiritual (separação de Deus).
A morte física é a morte do corpo que veio do pó da terra e volta para o pó. “…E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu”. (Ec. 12:7)
A morte física é a separação do corpo, do espírito e da alma. A morte espiritual é a separação de Deus, do espírito e da alma. A morte espiritual é morrer sem Deus, sem Jesus, sem salvação, a Bíblia a chama de morte eterna.
“Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: O que vencer não receberá o dano da segunda morte”. (Ap. 2:11)
A morte é algo que nós rejeitamos, ninguém quer morrer. A morte é contrária à nossa natureza, nós não fomos criados para morrer, mas para viver eternamente.
“…Mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. (Gn. 2:17)
A morte entrou na nossa existência como consequência do pecado, mas o plano original de Deus não era que morrêssemos, mas para que nós vivêssemos eternamente, é por isso que rejeitamos a morte, e não queremos nem pensar em morrer.

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Rm. 6:23)
A bíblia diz que a vida não termina no túmulo e que após a morte física a alma toma um caminho, uma direção para um lugar, seja um lugar de sofrimento eterno ou um lugar de gozo eterno.
“E aconteceu que o mendigo morreu e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico e foi sepultado. E, no Hades, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão e Lázaro, no seu seio. E, clamando, disse: Abraão, meu pai, tem misericórdia de mim e manda a Lázaro que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro, somente males; e, agora, este é consolado, e tu, atormentado.” (Lc. 16:22-25)
Existe apenas um caminho para encontrar-se com Deus, esse caminho é Jesus Cristo, o Filho de Deus. Jesus disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim.” (Jo 14:6)
A Bíblia diz: “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.” (At 4:12)
O apóstolo Paulo disse: “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.” (Fp. 1:21)
Bem-aventurados os que morreram em Cristo. “E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os sigam.” (Ap. 14:13)
“Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus santos.” (Sl. 116:15)

Quando Jesus entra no coração do homem, este recebe a salvação para sua alma, por isso eu creio na morte, mas também creio no céu, pois Cristo Jesus está à direita de Deus nos esperando.
“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também. (Jo 14:1-3)

Deus te abençoe.
Pr. Daniel Oliveira
Pastor Presidente IECP Sede

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp